Vítima teve mãos amarradas; havia sinais de tortura e perfurações de arma de fogo

A polícia investiga o assassinato de Flávio Costa Silva, 38 anos, em Vera Cruz, distrito de Porto Seguro. O corpo foi localizado sábado (21) pela manhã, no meio de uma estrada vicinal que dá acesso a uma mineradora.

[ads id="ads1"]

O homem, de acordo com a informação, estava com as mãos amarradas para trás com uma corda. Havia marcas de tortura e perfurações provocadas por disparos de arma de fogo. Havia uma lona preta ao lado do corpo.

Informações recebidas pela reportagem indicam que Flávio teria sido executado por bandidos no bairro Vila Vitória e depois teve o corpo transportado em um carro até a estrada.

Pessoas da comunidade relatam que Flávio pode ter sido morto pelo "tribunal do crime", pois era suspeito de ter estuprado uma pessoa. "Mas nada disso se comprovou, pois houve até exame pericial. Ele trabalhava como pedreiro e foi morto brutalmente", disse um morador que pediu anonimato.

[ads id="ads2"]

Até a última atualização desta notícia, ainda não havia surgido nenhum familiar no Instituto Médico Legal para fazer o reconhecimento do corpo.