Cartório Eleitoral de Eunápolis

O Cartório Eleitoral de Eunápolis informou, na manhã desta terça-feira (03), que vai haver alteração em quatro locais de votação. 

As seções instaladas no Colégio Clériston Andrade, centro da cidade, foram transferidos para o Colégio Anísio Teixeira, localizado na Rua Roberto Santos, também no centro.

Os eleitores que votavam nas seções da Biblioteca Fernando Alban e Creche Ayrton Senna, ambos no Pequi, foram remanejados para a Escola Municipal Anésia Guimarães, na Rua Bela Vista, mesmo bairro.

[ads id="ads1"]

Quem votava na Escola Isabel Araújo, bairro Santa Isabel, também deve ficar atento, pois a instituição mudou de endereço. O colégio permanece no mesmo bairro, mas agora está instalado na Rua João XXIII, 214, atrás da Igreja Católica.

Outra escola que também mudou de endereço foi o Centro Educacional Infantil IV, transferido para a Rua Arquimedes Martins, bairro Centauro, ao lado da Prefeitura Municipal.

RECOMENDAÇÕES DO TSE

Devido à pandemia do coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral está adotando medidas de segurança para proteger mesários e eleitores no dia das eleições municipais. 

O eleitor deve verificar o seu local de votação, já que algumas seções eleitorais foram alteradas, como é o caso de Eunápolis. Essa checagem pode ser feita por meio do aplicativo e-Título, na opção “onde votar”, que pode ser obtido no Google Play ou na App Store, além do portal do TSE.

O tempo de votação será das 7h às 17h. Porém, o horário das 7h às 10h é preferencial para maiores de 60 anos. Os demais eleitores não serão proibidos de votar neste horário, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência.

[ads id="ads2"]

Nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório, e o eleitor será orientado a manter uma distância mínima de um metro de outras pessoas e evitar qualquer contato físico. Não será permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer atividade que exija a retirada da máscara.

Se possível, cada eleitor deve levar sua própria caneta para assinar o caderno de votação e levar anotados os nomes e números dos candidatos (a “cola eleitoral”) para votar o mais rápido possível. De preferência, o eleitor não leve crianças nem acompanhantes para o local de votação.