Um candidato a prefeito da cidade de Eunápolis declarou que foi alvo de ameaças de morte, na tarde desta quarta-feira (04). Isaac Boaventura (PT), 38 anos, realizava uma caminhada com apoiadores pelas ruas do bairro Rosa Neto, quando, segundo ele, foi surpreendido por outro candidato.

O acusado, Arnoldo Vieira Santos, 54 anos, que concorre a vereador pelo Avante – partido que integra a coligação da candidata à prefeita Cordélia Torres (DEM) -, queria se aproximar de Isaac.

[ads id="ads1"]

Mais conhecido como Messias Serralheiro, o candidato a vereador portava uma facão e uma faca. Vídeos que circulam na internet mostram que ele estava muito agressivo.

"Esse cidadão, transtornado, com um facão na mão e uma faca na cintura, dizia, a todo o momento, que iria cortar meu pescoço, me matar", declarou Isaac Boaventura. 

As imagens mostram que Messias Serralheiro batia o facão em portões, muros e nas calçadas. O barulho estridente se assemelhava a disparos de arma de fogo. Com medo, as pessoas que acompanhavam o candidato a prefeito ficaram muito assustadas e começaram a correr. Ninguém ficou ferido. 

"Me afastei do local e esperei a polícia chegar. Quando a polícia chegou, ele já tinha fugido. Não foi encontrado", frisa Isaac.

[ads id="ads2"]

No início da noite, o candidato do Partido dos Trabalhadores foi até a Central de Flagrantes da Polícia Civil registrar uma queixa de ameaça e tentativa de homicídio. Isaac declarou que não conhece Messias e muito menos o motivo das ameaças.

O candidato do Avante deve ser intimado para prestar esclarecimentos. A reportagem tentou falar com ele, mas não conseguiu. Até o momento, a coligação “Eunápolis Pra Frente” não se manifestou sobre o assunto.