terça-feira, 13 de outubro de 2020

Queda de juro leva crédito imobiliário a crescer 44%

Foto: Agência Brasil

A combinação de juros em níveis mínimos, preços baixos dos imóveis, crédito farto e a poupança em patamar recorde criou as condições para a retomada do setor imobiliário no país. 

[ads id="ads1"]

O sinal mais evidente do bom momento aparece no crédito para pessoas físicas, que aumentou 44% de janeiro a agosto deste ano, comparado a 2019, chegando a R$ 51,3 bilhões, segundo associação de entidades do setor. 

[ads id="ads2"]

Com o aumento da procura, o valor de venda dos imóveis residenciais começou a subir: 0,53% em setembro em comparação a agosto, a maior alta em seis anos.

Marcadores: ,