quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Perfil médio do candidato é homem, negro, solteiro e com ensino médio

Dados ajudam a perceber as características mais presentes nas candidaturas.

Se tivéssemos que definir um padrão do candidato a cargo eletivo em Eunápolis este ano, o perfil é de um homem, negro, solteiro, de meia idade, com escolaridade média, cuja ocupação principal é imprecisa [Outros].

De todas as candidaturas registradas, 50,93% são de pessoas que se declaram pardas e 25,62% se declaram pretas. Juntos, pardos e pretos perfazem 76,55% e são os negros, segundo classificação do IBGE. Já os brancos representam apenas 21,6%. Não há informação de raça de 1,85% dos registros.

[ads id="ads1"]

Esta é a primeira vez desde 2014, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a coletar dados de raça, em que o candidato médio é negro. Nas eleições anteriores, a cor de pele mais comum era a branca.

Para análise, o RADAR 64 retirou os dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que englobam tantos candidatos a prefeito, quanto candidatos a vereador. O TSE não disponibiliza dados separadamente para cada cargo.

ACOMPANHE OUTROS NÚMEROS ABAIXO:

Quanto ao gênero, segundo o TSE, 212 são homens, o que representa 68,8% das candidaturas e 98 são mulheres – um percentual de 31,2%.

A maioria dos candidatos e candidatas também se declarou solteira. Segundo o TSE, este número é de 160 pessoas (49,4%). Outros 129 são casados (39,8%) e 30 (9,26%) são divorciados. Os viúvos são 5 (1,54%).

OCUPAÇÃO DOS CANDIDATOS

A maior diversidade de perfil ocorre no quesito ocupação profissional. O maior grupo de 122 (37,65%) candidatos assinalou a opção “Outros” como profissão, o que torna os dados menos precisos porque se trata de ocupações não classificadas pelo TSE. Depois disso, a profissão mais assinalada é 23 de “Empresários” (6,1%), seguida de perto de 17 “Comerciantes” (5,25%), “Vereador”, “Dona da Casa” e Vendedor.

A ocupação informada nos registros do TSE não é necessariamente a profissão ou a formação profissional do candidato, já que um empresário e que também é prefeito da cidade, e está tentando a reeleição, informou que sua ocupação é de prefeito. Além disso, dois empresários e três agricultores que também são vereadores da cidade e estão tentando a reeleição, informaram que sua ocupação é de vereador, e não de empresários e agricultores, por exemplo.

JOVENS SÃO MINORIA

Os dados do TSE também mostram um número maior de candidatos mais velhos. A maioria dos concorrentes às eleições em Eunápolis este ano tem entre 40 a 44 anos. Os que possuem de 35 a 54 anos são 207 e 28 têm mais de 60 anos.

Como se vê, os jovens são minoria na disputa de Eunápolis, apesar de os cargos de vereador e prefeito serem os menos exigentes em termos de idade. Entre os candidatos, apenas oito possuem de 21 a 24 anos e um deles tem 19 anos, o que sugere que na prática é muito difícil que jovens tenham chances de alcançar um mandato político tão cedo.

[ads id="ads2"]

Já em relação à escolaridade dos candidatos, 132 possuem ensino médio completo (40,74%). O ensino superior completo foi concluído por 70 deles (21,6%) e iniciado, mas não concluído por 4,63%. O ensino fundamental foi concluído por 11,11%. Outros 11,73% não concluíram esta etapa do ensino. Dois candidatos declararam apenas saber ler escrever.

Evidentemente, esse perfil não dá conta da grande diversidade de pessoas concorrendo à Prefeitura ou à Câmara de Vereadores, porque alguns assinalam opção diferente das classificações do IBGE. Contudo, estes dados ajudam a perceber as características mais presentes nas candidaturas.

Marcadores: , , ,