Durante gestão, delegado desvendou importantes crimes

Após quatro anos à frente da titularidade da Delegacia Territorial de Eunápolis, o delegado Bernardo Pacheco, de 30 anos, se despede do cargo com resultados positivos dos trabalhos desenvolvidos em prol da segurança pública. A exoneração foi publicada no Diário Oficial da Bahia no último sábado (24).

Em entrevista ao RADAR 64, o delegado destacou os principais trabalhos prestados durante a vigência do cargo de titular. “Em 2016, ocorreram 110 homicídios em Eunápolis. Já em 2019, esse número caiu para 29, o que representou um declínio de 73% nos assassinatos”, frisou o Pacheco.

[ads id="ads1"]

O delegado também elucidou crimes de grande repercussão que ocorreram no município, como o caso de uma mulher que matou a amiga no bairro Arnaldão, em janeiro deste ano, para roubar o seu filho de dois meses. Também prendeu os suspeitos de um duplo homicídio ocorrido após uma festa em uma casa de show, em junho de 2018. Destaque ainda para a prisão de um grupo de quase 10 pessoas acusado de dezenas de crimes em agosto de 2017.

Dentre os serviços prestados, um é pioneiro no estado da Bahia. A delegacia de Eunápolis foi a primeira a implantar o estágio jurídico voluntário, que permite que estudantes do curso de direito estagiem gratuitamente na delegacia e acompanhem a rotina de trabalho dos servidores da unidade. O modelo de serviço foi copiado por outras unidades do estado.

Delegado também destaca queda vertiginosa de homicídios

“Ainda tivemos 500 inquéritos concluídos e remetidos ao Poder Judiciário, aproximadamente 300 representações por prisão e criação do Núcleo de Atendimento à Violência Doméstica e Crimes Sexuais”, relembrou o delegado.

[ads id="ads2"]

O delegado Bernardo Pacheco declarou que sai da titularidade com a sensação de dever cumprido, agradecendo ao apoio da população eunapolitana e de sua equipe. “Essa troca na chefia é importante para oxigenar a delegacia e benéfica para a instituição e para cidade, pois traz novas ideias e maneira de trabalho. Tenho certeza que meu sucessor, delegado Eridelson Bastos, fará um belíssimo trabalho à frente da delegacia”, concluiu Pacheco.

A titularidade da delegacia será assumida pelo delegado Eridelson Bastos, de 47 anos, que já atua como plantonista na unidade. A nomeação também foi publicada no Diário Oficial no sábado.