Bandidos chegaram a jogar gasolina em motorista

Todas as 16 linhas de ônibus urbanos foram suspensas em Eunápolis, nesta quinta-feira (29/10), por causa de uma onda de ataques criminosos. Na segunda (26) e quinta-feira (29), dois ônibus foram incendiados por bandidos.

De acordo com a direção da Eunapolitana, a frota de 20 veículos foi recolhida ao pátio da empresa. Quase duas mil pessoas utilizam o serviço diariamente.

[ads id="ads1"]

Ao RADAR 64, a empresa informou que o transporte de passageiros está suspenso por tempo indeterminado, porque entende que "o estado precisa tomar providências para que a situação volte à normalidade".

"Não temos como trabalhar com esta insegurança", disse o diretor da Eunapolitana, Adelson Cirilo.

Segundo ele, após o atentado ao primeiro veículo, no Juca Rosa, houve uma reunião entre a empresa, a polícia e a Superintendência Municipal de Trânsito.

Serviço chegou a ser suspenso após primeiro ataque

"Naquela ocasião, decidimos retomar o transporte, que ficou parado por algumas horas, pois nos garantiram que a situação seria controlada, mas vimos que a insegurança continua", declarou Adelson.

JOGARAM GASOLINA NO MOTORISTA - Por volta das 10h desta quinta-feira (29), bandidos obrigaram o motorista e os passageiros a descerem de um ônibus na entrada do bairro Paquetá, zona norte da cidade e depois tocaram fogo no veículo

[ads id="ads2"]

Ninguém ficou ferido, mas os criminosos chegaram a jogar gasolina no motorista, que precisou correr do local, com medo de ter o corpo queimado.

Os ataques aos ônibus podem ser uma retaliação à morte de dois homens, na última segunda-feira, em uma operação da Polícia Militar. De acordo com a PM, eles eram perigosos e tinham envolvimento com homicídios, tráfico de drogas e roubos.

Desde segunda-feira, a Polícia Militar vem intensificando as rondas ostensivas e abordagens nos bairros Juca Rosa, Arnaldão, Paquetá e Renovação. Os ataques estão sendo investigados pela Polícia Civil.