Uma cobra de quase dois metros e meio de comprimento foi encontrada dentro de uma casa no bairro Paraíso dos Pataxós, em Porto Seguro, na tarde de quarta-feira (23).

Segundo o biólogo herpetólogo (especialista em cobras) Raphael Rabelo, o animal é da espécie jararacussu do papo amarelo. Segundo ele, a espécie não é venenosa, mas possui comportamento característico de defesa.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, a presença do animal assustou os quatro moradores que estavam na residência, dentre eles, duas crianças.

[ads id="ads1"]

O dono do imóvel, segundo a informação, pediu ajuda em um grupo de WhatsApp. Um vizinho, que é ex-escoteiro, viu a mensagem e conseguiu pegar a cobra e solta-la em uma área de mata. Segundo ele, o animal não estava ferido.

“O animal pode ter se atraído por dois periquitos que são criados pelos moradores, já que a cobra se alimenta de pequenas aves”, disse o ex-escoteiro Maia Neto. 

[ads id="ads2"]

ORIENTAÇÕES – A reportagem entrou em contato com a bióloga Virgínia Camargos, que informou que nunca se deve tocar em animais silvestres. 

“Quando se encontra uma cobra em casa, o ideal é que não coloque a mão. A gente pode machucar o bicho ou o bicho pode nos machucar. A orientação é acionar a Polícia Ambiental. Caso o órgão não possa comparecer, deve–se acionar o Inema ou IBAMA”, orientou.

WhatsApp do RADAR 64:
(73) 98844-0216.
Adicione nosso número e envie vídeo, foto ou apenas o seu relato.
Sua sugestão será apurada por um repórter. Participe!