Fabiano Moreira dos Santos, 37 anos, é acusado de matar o pai com três facadas. O caso aconteceu na noite desta terça-feira (02), no bairro Pequi, em Eunápolis.

Moradores da Rua Dom Pedro I, nos fundos do Cemitério da Consolação, relatam que, após uma discussão, viram Fabiano sair correndo da casa da família.

A vítima, o vigilante Carlos Moreira dos Santos, 67 anos, recebeu os primeiros socorros do Samu, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na emergência do Hospital Regional.

A polícia fez rondas pela localidade e conseguiu prender Fabiano pouco tempo depois. Segundo informações iniciais da polícia, a confusão começou depois que o vigilante tentou impedir que o filho agredisse a mãe.

Conforme consta no histórico da polícia, Fabiano já tinha sido detido algumas vezes, por crimes de trânsito, alcoolemia, agressões e ameaças.