Cordélia tem como vice advogado Wanderson Alves de Barros

O Democratas oficializou, na noite desta terça-feira (15), a candidatura de Cordélia Torres, 46 anos, para prefeita de Eunápolis. A convenção do partido, realizada no Restaurante Vovó Maria, no centro da cidade, reuniu lideranças políticas, como o ex-prefeito Paulo Dapé, esposo de Cordélia, os vereadores Jota Batista, Jurandi Leite e Arthur Dapé, além de correligionários e familiares.

Já no fim do evento, Cordélia anunciou o nome do advogado Wanderson Alves de Barros, 34 anos, para candidato a vice-prefeito. 

[ads id="ads1"]

Wanderson, que concorreu ao cargo de vereador nas últimas eleições municipais, obtendo 185 votos, foi uma indicação do empresário e vereador Ramos Filho, que depois de ter sua pré-candidatura a prefeito inviabilizada pelo diretório estadual do PTC, decidiu caminhar junto com Cordélia.

"É um pai de família, representando a família e que foi adotado por Eunápolis. Tenho certeza que você representará sua gente. Nós andaremos juntos e construiremos juntos", afirmou a candidata sobre o seu vice.


Já Ramos Filho, em seu discurso na convenção, destacou que confia na capacidade da candidata Cordélia para comandar o executivo eunapolitano.

"Faço política para cuidar das pessoas e tenho certeza que Cordélia não vai precisar que ninguém a oriente, pois ela tem capacidade de ser prefeita de Eunápolis", pontuou Ramos Filho.

Ramos Filho diz que confia na capacidade de Cordélia 

Quem também participou do evento, por meio de uma transmissão virtual, foi o advogado Neto Carletto. Ele já havia anunciado sua desistência a pré-candidato a prefeito na última sexta-feira (11), durante a convenção do Progressista, para apoiar Cordélia na corrida eleitoral.

[ads id="ads2"]

Outros políticos também participaram da convenção virtualmente, como o prefeito de Salvador e presidente do DEM nacional, ACM Neto, o vice-prefeito e candidato a prefeito da capital baiana, Bruno Reis, a presidente do PSL Bahia, deputada federal Daiana Pimentel, que disputa a prefeitura de Feira de Santana, dentre outras lideranças políticas.

A aliança interpartidária liderada pelo Democratas em Eunápolis é formado por 15 siglas e tem o apoio de 10 deputados, entre federais e estaduais.