Como anunciado pelo prefeito Robério Oliveira no último dia 4 de setembro, o município encaminhou à Vara da Fazenda Pública e à APLB/Sindicato uma proposta para retomada do pagamento da regência de classe e extensão de carga horária aos profissionais da educação

[ads id="ads1"]

Segundo a comunicação da prefeitura, sem manifestação da APLB quanto ao acordo, a proposta foi, então, acatada, o que permitirá que o município realize retroativamente o pagamento da regência de classe e extensão de carga horária de agosto aos profissionais da educação, o que resultará em uma folha extra no valor de R$ 1.120.000,00.   

Além do acordo já firmado, a prefeitura de Eunápolis informou ainda que encaminhou, na quinta-feira (24/09), um novo acordo à Vara da Fazenda Pública para que os valores referentes à regência de classe e extensão de carga horária de abril e maio, suspensas devido à pandemia, sejam pagas no fechamento anual do FUNDEB. 

[ads id="ads2"]

“Somos o primeiro município da região a retomar os benefícios e propor acordo para pagamento dos retroativos”, disse Robério.

O QUE DIZ A APLB 

O professor Ronaldo Santos Oliveira, secretário de políticas intermunicipais da APLB, informou que o Departamento Jurídico do sindicato se manifestou no processo, mas não soube informar o teor da manifestação.

Disse também que o sindicato não foi notificado pela justiça sobre a proposta apresentada pelo município. “Estamos dispostos a sentar com o gestor e chegar a um acordo”, afirmou.