Depois de uma investigação que durou quatro dias, a Polícia Civil recuperou, quinta-feira (13), dezenas de joias, avaliadas em mais de R$ 100 mil. Os objetos foram furtados de uma casa no bairro Alto do Mundaí, em Porto Seguro, na madrugada do último domingo (09).

Segundo o delegado Bruno Barreto, os autores do crime - dois jovens com idades aproximadas de 20 anos - já foram identificados e devem ser indiciados por furtado qualificado.

"A qualificadora está no fato deles terem escalado a casa, usado chave falsa e abuso de confiança, pois conheciam as vítimas", afirmou o delegado.

As investigações continuam, pois faltam recuperar pequena parte das joias e descobrir como foi a trama criminosa.

Para as vítimas, as joias são de inestimável valor sentimental, pois são bens de família transmitidos de geração em geração.