Na noite de domingo (02/08), um bebê de apenas oito meses foi salvo por policiais militares, após ficar engasgado no bairro Alecrim II, em Eunápolis.

Os policiais do PETO patrulhavam aquela região da cidade quando foram abordados por duas pessoas que estavam em um carro.

Uma mulher, em total desespero, desceu do veículo e disse que estava levando seu filho para o hospital, pois ele havia engolido algum objeto e não estava conseguindo respirar.

Imediatamente, os policiais começaram a fazer uma manobra em que se usam as mãos para exercer forte pressão no músculo do diafragma. O menino conseguiu voltar a respirar após os procedimentos.

Depois, o bebê e a mãe foram levados na viatura até o Hospital Regional. Os médicos avaliaram que o estado de saúde da criança já estava normal e a liberaram.

"É um sentimento de dever cumprido e orgulho em poder salvar uma vida”, disse um dos policiais militares que atenderam a ocorrência.

Não se sabe, ao certo, com o que o bebê se engasgou. "Durante os procedimentos, notamos que o garotinho começou a expelir secreções misturadas com papel", afirmou outro policial.

A mãe da criança agradeceu aos policiais militares.