A Polícia Militar informou que foi tratada com agressividade por um grupo de familiares e amigos de cinco pessoas que foram detidas, na noite de terça-feira (07), no bairro Parque da Renovação, em Eunápolis. Eles queriam impedir a prisão de uma quadrilha flagrada com armas de fogo, munição, drogas e até coletes à prova de bala.

Segundo a PM, tudo começou quando Jander Barreto Rodrigues de Oliveira, 20 anos, foi avistado em atitude suspeita numa rua da localidade. Ele empreendeu fuga, mas passou a ser acompanhado taticamente pelos agentes, até entrar em uma casa. No local, conforme a polícia, havia mais duas pessoas usando drogas: André da Silva Santana, 20 anos e um adolescente.

André informou para a PM que havia enterrado os coletes, as armas e a munição num matagal nos arredores do conjunto habitacional. Os policiais foram ao local e encontraram todo o material descrito por ele: uma espingarda Winchester, um rifle, munição, duas placas de coletes balísticos e drogas.

No retorno, os policiais se depararam com uma aglomeração de pessoas que começaram a hostilizá-los com palavras de baixo calão. Um adolescente, que é irmão de Jander, começou a filmar toda a situação com um celular e falar mal dos agentes. Jango Barreto Rodrigues de Oliveira, 23 anos, que também é irmão de Jander, estava muito agressivo e nervoso e partiu pra cima de um dos policiais, tentando resgatar o irmão.

Depois de toda a confusão, cinco pessoas foram levadas para prestar depoimento na Central de Flagrantes da Polícia Civil.

André foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo. Ele já responde a processo por tentativa de homicídio e deve ir a júri popular. Foi arbitrada fiança de R$ 2 mil. Os demais vão responder, em liberdade, a TCO, por crime de desacato e uso e porte de drogas.

Na ação também foi apreendido um Honda Civic verde escuro, placa HNT-3E34, de Santa Cruz Cabrália. A polícia ainda não informou se o veículo possui alguma restrição.