Seis aves foram resgatadas pela Polícia Rodoviária Federal, domingo (19) à tarde, na BR-101, zona urbana de Eunápolis.

Os animais nativos da Mata Atlântica - das espécies pássaro-preto, canário e coleirinho - estavam aprisionados no assoalho de uma caminhonete, dentro de duas gaiolas. "Uma total falta de cuidados, higiene e maus tratos", informou um agente da PRF.

Um dos passageiros, de 24 anos, assumiu a responsabilidade pela captura dos pássaros. Ele reconheceu que não tinha autorização do órgão ambiental para criação das aves. "Eu morava em Eunápolis, mas estou de mudança para Jordânia, em Minas Gerais, onde pretendia soltar os bichos", declarou o acusado.

O jovem responderá, judicialmente, por crime contra o meio ambiente, previsto na Lei 9.605/98.

As aves foram encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Porto Seguro, onde passarão por um processo de reabilitação, antes de voltarem para a natureza.