Apesar dos esforços de moradores, bombeiros e agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente para salvar o filhote de baleia jubarte que encalhou na orla norte de Porto Seguro, o animal acabou morrendo no início da manhã desta terça-feira (28). 

O animal apareceu na Praia da Ponta Grande, na divisa com o município de Santa Cruz Cabrália, no meio da tarde de segunda-feira (27).

A comunidade e os bombeiros se empenharam para salvar o cetáceo, empurrando-o de voltar para o mar. O bicho ficava nadando, tentando vencer a força da correnteza. "Parece que a maré não está deixando e trazendo o animal de volta para a praia", afirmou uma moradora.

Segundo um bombeiro, por volta das 20h30, quando a maré encheu, a baleia 'foi mar adentro'. "Mas a gente sabia que ela retornaria, pois não conseguiria sobrevier longe da mãe", disse ele.

Pela manhã, o filhote de jubarte apareceu morto em uma praia próximo ao Complexo Axé Moi.

"É muito comum encalhar filhotes de baleia nesta época do ano. Este parece ter nascido há poucas semanas. É possível  que tenha sido abandonado pela mãe porque estava doente ou com algum infecção, mas só vamos ter mais detalhes sobre a causa da morte depois que fizermos o exame necroscópico", afirmou um médico veterinário do Instituto Baleia Jubarte, Hernane Ramos.

Conforme ele, sem a mãe o filhote fica desorientado e enfraquece muito rapidamente, é carregado pelas correntes oceânicas para a costa e acaba morrendo por encalhe.

WhatsApp do RADAR 64: 
(73) 98844-0216.
Adicione nosso número e envie vídeo, foto ou apenas o seu relato.
Sua sugestão será apurada por um repórter. Participe!