A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 100 quilos de maconha, na noite deste domingo (26), durante fiscalização na BR-101, a dois quilômetros do centro de Eunápolis.

A droga, segundo os agentes da PRF, estava no porta-malas de um carro que vinha do estado de São Paulo.

O motorista Elluan de Morais dos Reis, 31 anos, que estava acompanhado da prima, Magda de Morais Alves, 26, relatou que foi contratado para ir buscar a droga em São Paulo, recebendo um adiantamento de R$ 2 mil.


Ainda segundo ele, na volta, quando entregasse a maconha em Eunápolis, receberia o restante do dinheiro, algo em torno de R$ 3 mil. A polícia ainda não sabe quem os contratou.

A reportagem do RADAR 64 apurou que o motorista não tem Carteira Nacional de Habilitação e possui mandado de prisão em aberto desde janeiro por infringência à Lei Maria da Penha.

Em depoimento na polícia judiciária, ele e a prima disseram que são moradores de Ilhéus, sul baiano, de onde teriam partido na última sexta-feira (24) para pegar a maconha.


O casal de primos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A pena - conforme prevê a legislação -, varia de cinco a 15 anos de prisão, mas pode ser aumentada substancialmente, se ficar comprovado que houve tráfico interestadual.

O carro modelo Ônix, cor branca, com placa do município de Ilhéus, era locado. O veículo e a droga vão passar por perícia. A polícia vai abrir inquérito para investigar o crime.