Servidores da Educação de Santa Cruz Cabrália, que tiveram os contratos suspensos no mês de maio, fizeram, nesta sexta-feira (12), um protesto em frente à casa do prefeito do município, Agnelo Santos.

Com faixas e cartazes, eles pediram o retorno dos contratos e algum tipo de assistência por parte da prefeitura neste período de pandemia da Covid-19.

No entanto, o secretário de Educação, Iszael Fernandes, disse que não tem como retomar os contratos sem a prestação de serviços, por enquanto.


O secretário disse ainda que a Secretaria de Assistência Social está analisando uma forma de ajudar esses profissionais.

As aulas na cidade pararam ainda no mês de março.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no fim da tarde de quinta (11), 55 casos de Covid-19 já foram registrados em Santa Cruz Cabrália.

Do G1 Bahia