Fausto Franco, secretário de Turismo da Bahia, diz que as medidas adotadas para o setor, um dos mais atingidos pela pandemia, como a retomada de voos em Porto Seguro e a reabertura do Vila Galé em Praia do Forte, ainda são muito embrionárias, não dá para aferir resultado.

O secretário disse ao jornalista Levi Vasconcelos, do site Bahia.ba, que as pessoas não estão querendo viajar, e às vezes nem podem. "Imagine que até a fronteira com o Paraguai está fechada. Nossa aposta é no turismo doméstico. Quem viajar vai de carro e vai para perto, nada muito longe. Tudo ainda é muito embrionário", afirmou.

Segundo Fausto, o 7 de setembro, que neste ano vai cair num dia de segunda-feira, vai servir como um bom ponto de aferição.

O trade, analisa o jornalista, está vislumbrando isso.