A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de socorro a estados e municípios formulado em conjunto pelo Senado e pelo governo.

O projeto prevê repasse de R$ 60 bilhões, mas o potencial de ajuda pode chegar a R$ 120 bilhões se contabilizada a suspensão do pagamento de dívidas com a União.

Parlamentares alteraram o conteúdo da medida, que precisará ser novamente avaliada por senadores antes de seguir para a sanção presidencial.

Resumo: o texto aprovado é a segunda versão do projeto, que antes previa repasse maior, de R$ 89,6 bilhões, e já havia sido aprovado pela Câmara.

No Senado, o projeto foi alterado, como queria o governo, após acordo com o presidente da Casa, Davi Alcolumbre.

Em detalhes: o Norte é a única região que terá mais verbas com o novo texto. Estados do Sudeste deixarão de receber R$ 18 bilhões.