Um homem com mandado de prisão decretado pela Justiça de São Paulo foi localizado em Eunápolis, na madrugada desta terça-feira (05). Os policiais militares da Rondesp abordaram Joseíldo Ferreira, 35 anos, em uma rua do bairro Arnaldão, durante uma fiscalização de rotina.

Joseíldo declarou que foi preso com uma arma, na capital paulista, em outubro de 2008. Ele acabou liberado pouco tempo depois, for força de um alvará de soltura. A prisão só foi decretada em 2018, uma década após o flagrante e quando Joseíldo já havia se mudado para a Bahia. Ele mora em Eunápolis há oito anos.

Sobre a acusação, Joseíldo declarou que trabalhava em São Paulo como pedreiro. Em um dos serviços, teria recebido a arma como pagamento, mas, enquanto voltava para casa, foi revistado pela polícia e acabou preso. "Acredito que fui vítima de uma armação. O contratante me entregou a arma e depois me denunciou para a polícia", disse ele ao RADAR 64.

O acusado está custodiado na delegacia de Eunápolis, que vai comunicar o cumprimento do mandado de prisão à justiça de São Paulo.

Segundo a Rondesp, Joseíldo foi abordado no Arnaldão porque estava em atitude suspeita. O homem disse que que continuou trabalhando de pedreiro em Eunápolis.