Após se reunir com diretores da CDL, Sindicomércio, SINCOM, Polícia Militar e secretários municipais, o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, assinou na noite desta segunda-feira (13) o decreto nº 9014, que torna menos rígido o horário de funcionamento do comércio, mas com medidas restritivas para evitar a aglomeração nas áreas centrais da cidade.

No novo decreto, ficou definido que os bancos funcionarão de segunda a sexta-feira, das 08h às 13h. Já as lotéricas e correspondentes bancários funcionarão de segunda a sexta-feira, das 07h às 13h, e sábado das 07h às 12h. As medidas de distanciamento, higiene e contato seguem como o decreto anterior, sendo obrigatório o uso de máscaras a todas as pessoas nas filas de acesso e no interior das instituições financeiras.

O comércio em geral funcionará de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Já no sábado o funcionamento será permitido das 09h às 14h. A Zona Azul funcionará junto ao horário de comércio. Os limites de funcionamento, distanciamento e higiene permanecem os mesmos, sendo permitido o acesso de apenas 50% da capacidade de trânsito livre dos estabelecimentos, distanciamento de 1,5m nas filas de acesso e disponibilização de álcool 70% a todos os clientes, além da obrigatoriedade do uso de máscaras a todos os funcionários do comércio.


Aos restaurantes será permitido o funcionamento das 11h às 14h, de segunda a sábado, com 30% da capacidade de pessoas sentadas, respeitando distância de 2 metros entre as mesas, proibido o funcionamento do modelo self-service e a venda de bebidas alcoólicas. Já os food-trucks poderão funcionar em sistema de retirada. Aos supermercados, o funcionamento permanece com restrições de entrada e o funcionamento aos sábado será até às 14h. As clínicas médicas, odontológicas e oftalmológicas funcionarão em seu horário habitual, seguindo as regras de prévia marcação, evitando o contato entre pacientes.

As igrejas funcionarão com 50% da capacidade de pessoas sentadas e o funcionamento das escolas públicas e privadas segue suspenso por tempo indeterminado.

“Em reunião com as entidades, estamos buscando alternativas para evitar o acúmulo de pessoas no centro comercial de nossa cidade. Precisamos nos conscientizar que é um momento atípico e devemos nos disciplinar para sairmos apenas quando necessário. Apesar de não termos casos confirmados, não podemos baixar a guarda, se todos seguirmos as medidas de higiene e distanciamento, vamos juntos vencer esta pandemia”, concluiu o prefeito Robério Oliveira.

A vigência do decreto é até 30 de abril.