Um adolescente de 15 anos é o primeiro caso positivo do novo coronavírus em Santa Cruz Cabrália. Segundo Secretaria Municipal de Saúde, o jovem já veio infectado do Rio de Janeiro. Ele e a irmã, de 16 anos, estavam em férias na capital fluminense, onde tiveram contato com outro irmão, que mora naquela cidade e estava com a covid-19.

Os irmãos voltaram para Cabrália em 14 de março. Quatro dias depois procuraram atendimento médico em uma unidade básica de saúde. Apenas a menina apresentava os sintomas. Os médicos colheram material dois para exame.

Nesta quarta-feira (1º), o Lacen, Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador, divulgou o exame que confirmou que o adolescente está infectado. O resultado do exame da irmã dele ainda não foi divulgado.

Os dois irmãos e mais três membros da família foram colocados em quarentena domiciliar e estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica de Cabrália. A Secretaria de Saúde também já colheu exame dos três familiares. O resultado é aguardado.

A superintendente de Vigilância Epidemiológica de Santa Cruz Cabrália, Paula Aragão, informou que não há casos de contaminação comunitária no município. "O paciente já veio infectado do Rio", disse ela.

Até o momento, Santa Cruz Cabrália possui um diagnóstico positivo de covid-19, 10 casos suspeitos coletados e três aguardando coleta. "Pedimos à população calma e que evite sair de casa, caso seja possível. Também recomendamos não se envolver em aglomerações de pessoas", frisa Paula Aragão.

Os sintomas mais comuns do coronavírus são febre, tosse seca, dores no corpo, mal-estar, cansaço, dores de garganta, dor de cabeça e falta de ar. Como prevenção, recomenda-se lavar as mãos até a metade do pulso, esfregando também as partes internas das unhas, usar álcool gel 70%, tossir ou espirrar levando ao rosto à parte interna do cotovelo, evitar tocar nariz, olhos e boca antes de limpar as mãos, dentre outras medidas.

Para evitar a propagação do vírus, o comércio de Santa Cruz Cabrália também foi parcialmente fechado por um decreto municipal que tem validade até o dia 8 de abril. Apenas serviços essenciais estão em funcionamento.