A locutora Elismaiane Silva Santos, 18 anos, morreu afogada em um rio no distrito de Santo Antônio, município de Santa Cruz Cabrália, na tarde deste domingo (12).

Segundo a polícia, ela pescava no local com o marido, o também radialista Josevaldo Gonçalves de Souza, mais conhecido como ‘Pato Rabane’.

Segundo ele, a mulher disse que não iria mais pescar, porque queria tomar banho. A jovem, ainda de acordo com Pato Rabane, resolveu atravessar o rio nadando. "Quando já estava quase na metade da travessia, ela afundou", relatou o marido.

Uma equipe do 6º Grupamento de Bombeiro Militar suspendeu as buscas após as 18h, pois não havia mais visibilidade. Os mergulhadores retomariam os trabalhos no início da manhã desta segunda-feira (13).


Já era noite quando o corpo de Elismaiane apareceu boiando em outro ponto do rio. “No local onde ela submergiu há muita pedra e correnteza. Certamente, foi arrastada pela força da água”, afirmou um pescador que ajudou nas buscas.

Elismaiane e o marido trabalhavam juntos na Cidade FM, uma rádio comunitária de Santa Cruz Cabrália. Ele é o diretor da emissora.

O corpo da jovem deve passar por perícia, no Departamento de Polícia Técnica, somente na manhã desta segunda-feira (13). Só então será liberado para sepultamento.