Os consumidores não terão acréscimo na conta de energia elétrica no mês de maio. A bandeira tarifária continuará verde.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a bandeira verde ocorre pelo quarto mês consecutivo.

De acordo com a agência, em abril, os níveis dos principais reservatórios das hidrelétricas apresentaram recuperação por conta do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês.

Além dos reservatórios mais elevados, as medidas de combate à pandemia do novo coronavírus influenciaram na questão do consumo de eletricidade.

Esse cenário, ainda segundo a agência, sinaliza a manutenção da elevada participação das hidrelétricas no atendimento à demanda de energia, sem a necessidade de acionar o parque termelétrico de forma sistêmica. Com isso, a tarifa de maio não sofrerá acréscimo.