O governador Rui Costa assinou, segunda-feira (16), o Decreto nº 19.373, de 2019, declarando de utilidade pública, para fins de desapropriação, uma área de quase 2,8 milhões de metros quadrados às margens da BR-367, entre Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, onde será construído o futuro Aeroporto Internacional da Costa do Descobrimento.

O projeto de construção do novo aeroporto internacional da Bahia está sendo tocado pela Acquamarina Santo André Empreendimentos, ligada ao grupo alemão Hirmer. Em entrevista ao Estadão, na última sexta-feira (13), o governador afirmou que será uma Parceria-Público-Privada.

O empreendimento é uma antiga cobrança da região da Costa do Descobrimento, tendo sido alvo de duas indicações do deputado estadual Jânio Natal (Podemos) ao Governo do Estado.

“Além das instalações inadequadas - as suas limitações, entre as quais o tamanho da pista de pouso - impedem a aterrissagem de grandes aviões de passageiros ou aeronaves de carga de grande porte. Tenho certeza de que o novo aeroporto marcará uma nova época no turismo de Porto Seguro, trazendo desenvolvimento para toda a região, com muitos novos empregos e renda”, destaca Jânio Natal.

O atual aeroporto de Porto Seguro foi inaugurado em 1982 e, em 2018, foi o 23º com maior circulação do Brasil e 4º do Nordeste, com 1.724.832 passageiros pagos no ano.